sábado, 25 de março de 2017

Symbolon Cards






O discurso da separação amorosa.

Um dos sentimentos mais comuns depois de uma separação amorosa é a enorme curiosidade em relação ao destino do outro.

Mesmo o parceiro que tomou a iniciativa fará de tudo para saber como o abandonado está passando. Esse interesse raras vezes resulta de uma genuí­na solidariedade. Decorre, na maioria dos casos, de uma situação ambivalente que lembra o mecanismo da gangorra. 

Por um lado, ver o sofrimento de uma pessoa tão íntima nos deixa tristes; por outro, satisfaz a vaidade. Num certo sentido, é gratificante saber que o ex-companheiro vive mal longe de nós e teve prejuízos com a separação. Esse aspecto menos nobre da personalidade humana, infelizmente, cos­tuma predominar.

Se o outro está se recuperando com rapi­dez, se busca novas companhias, mostran­do-se à vontade na condição de descasado, ficamos surpresos e deprimidos. Percebemos que não somos tão indispensáveis quanto pensávamos. Nosso orgulho, então, é atingido, pois precisamos nos sentir importantes, precisamos saber que nossa ausência provoca dor.

Se o outro estiver feliz, duvidamos de nós mesmos e isso é desgastante. "Como é possível que alguém se ajeite na vida mais rapidamente do que eu?", indagamos, e a certeza de que seme­lhante absurdo aconteceu nos deixa tristes.

Muitas pessoas confundem essa tristeza com amor. Será que ainda estamos apaixonados? Será que a separação foi precipitada? Pode até ser. Mas o ingrediente principal de nossas emoções é a vaidade, o orgulho ferido. Às vezes, procuramos disfarçar esse sentimento menos nobre, escondendo-o por trás de uma inesperada dor de amor. É uma forma de negar pensamentos que não gostaríamos de ter.

Flavio Gikovate

Imagem - O Desacordo - Symbolon Cards


quarta-feira, 22 de março de 2017

Enamorado



"O mesmo companheiro que nos aconchega pode e deve ser companheiro de nossas aventuras. Pode ser nosso parceiro sexual e também na busca de conhecimento, no usufruto das delícias da música, dos filmes, livros, do aprendizado em geral. Aliás, o relacionamento se torna tedioso, monótono e repetitivo entre aqueles que não têm esse gosto pelo saber.”

Flavio Gikovate

Imagem - Enamorado - jamie-hewlett tarot

Dez de Paus



Não são poucos os que só se sentem bem quando sobrecarregados: têm uma sensação de força, se envaidecem porque se sentem muito superiores.
As pessoas que sentem prazer em se sobrecarregar tendem a cobrar competência e vigor cada vez maior de si mesmas: nunca estão satisfeitas.
Os mais exigentes consigo mesmos são, por vezes igualmente rigorosos com aqueles com quem convivem intimamente: tomam a si como referência.
Muitos dos que se sobrecarregam gostam de se cercar de pessoas mais folgadas e displicentes: sentem-se superiores e se envaidecem com isso.
Os que se cercam de pessoas mais folgadas reclamam da maneira de ser deles: nem sempre percebem que sua forma de ser reforça o que condenam.
Um aspecto curioso, muito relevante, é que as pessoas que gostam de se sobrecarregar perdem a capacidade de usufruir os momentos de leveza.
Os que se sobrecarregam de trabalho se sentem culpados e deprimidos quando poderiam estar se deleitando com as merecidas semanas de férias!
Diante de uma situação mais "leve", os que se viciaram em carregar pesos se sentem fúteis, inúteis, deprimidos e rebaixados em sua vaidade.
Flávio Gikovate
Imagem - Dez de Paus - Spiral Tarot

Curso Completo de Tarô - Vera Chrystina


Curso Completo de Tarô
Vera Chrystina
Início - dia 5 de abril de 2017 - Quarta-feira
Horário - das 19:30 horas às 21:30 horas
Local - Oceano Centro de Estudos e Pesquisas - Jardins
O curso completo de tarô tem a duração de quatro meses, aula uma vez por semana com duas horas de duração.
Investimento - 305,00 reais
Programa
Uma viagem na história das cartas
Arcanos Maiores - O caminho da vida - Estrutura
Arcanos Menores - Numeração - Naipes
Cartas da Corte - Temperamentos
Métodos - Muitos métodos novos e eficientes para mapeamento mental, afetivo, profissional, espiritual. Métodos para detectar magia, saúde, autoconhecimento.
Ética e responsabilidade
Maiores informações - veratarot@gmail.com
Whatsapp - 9 - 5976-77-27
Vagas limitadas