sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Profano e Sagrado




O homem cria um espaço sagrado localizado simbolicamente no “Centro do Mundo” e abre a comunicação com o transcendente. Desta maneira ele delimita o espaço entre aquilo que é profano e aquilo que é sagrado. É necessário um ponto fixo absoluto, um “Centro do Mundo" no mundo, um local de poder para que as informações superiores conectem com as nossas e vice-versa. É necessário um lugar de poder para fugir do ruído profano. Este local não precisa ser Machu Picchu, local sagrado fortíssimo. Estive lá e me arrepiei com a intensidade de vibração positiva. Este local pode ser um cantinho na sua casa, uma árvore no parque que você mais gosta, uma pedra num sítio. Crie o seu espaço e abra a sua mente para revelações que podem gerar coisas muito boas em sua vida. Saia do lugar-comum e cheio de ruídos. Pare, delimite, escute.

Nenhum comentário: