sábado, 19 de maio de 2012

O Sol

Rider - Waite Tarot
Símbolos: o Sol, uma ou duas crianças nuas (um garotinho nu, algumas vezes montando um pônei, ou então um menino e uma menina), girassóis,freqüentemente um muro, algumas vezes uma bandeira.

História: o Louco desperta ao amanhecer para descobrir que o rio, finalmente, chegou ao fim, e ele agora flutua em uma lagoa de águas calmas. Há um jardim cercado em volta dessa lagoa, repleto de rosas, margaridas e girassóis magníficos. Pisando em terra firme, ele vê o Sol nascendo acima de sua cabeça, brilhante e dourado. O dia está claro. Uma risada infantil chama sua atenção, e ele vê um garotinho montado em um pônei branco dentro do jardim.
“Venha!” diz o garotinho, saltando do cavalo e correndo até ele. “Venha ver!” A criança pega o Louco pela mão e, entusiasmado, aponta para todas as coisas à sua volta; os insetos na grama, as sementes e pétalas dos girassóis, a luz brilhando na lagoa. Ele faz perguntas ao Louco, perguntas simples mas profundas, como “Por que o céu é azul?” Ele canta e brinca com o Louco. Por um momento o Louco pára, piscando para o Sol, tão grande e dourado sobre sua cabeça, e ele se pega sorrindo, o sorriso mais largo e brilhante que ele deu em muito tempo. Desde que começou sua jornada espiritual ele foi testado e tentado, confundido e assustado, apavorado e impressionado. Mas essa é a primeira vez que ele está pura e simplesmente feliz. Ele sente sua mente iluminada, sua alma brilha como um raio de sol. Assim como o grande Sol, a criança e suas perguntas simples,seus jogos e canções, ajudaram o Louco a ver o mundo e a si mesmo novamente, desta vez com admiração. “Quem é você?” pergunta o Louco à criança. A criança sorri e parece brilhar, e então se torna cada vez mais brilhante até se tornar pura luz. “Eu sou Você,” diz a voz da criança, espalhada pelo jardim, “o novo você.” Na medida em que essas palavras o enchem de calor e energia, o Louco percebe que o jardim, o Sol e a criança existem dentro dele. Ele acabara de encontrar sua luz interior.

Significado: o Sol é regido pelo... Sol, logicamente. É a luz que aparece após a noite longa e escura. Uma carta positiva, que promete ao consulente seu dia ao Sol. Glória, triunfo, conquista, prazer, verdade, sucesso. Assim como a Lua simboliza a inspiração que vem do inconsciente, dos sonhos, essa carta simboliza as descobertas feitas em plena consciência e totalmente acordado. É ciência e matemática, música belamente construída, filosofia cuidadosamente pensada. É a carta do intelecto, da clareza da mente, e dos sentimentos de energia juvenil. E sim, as crianças que aparecem nessa carta podem indicar gravidez, dependendo das outras cartas no contexto. O consulente pode ser informado que uma criança muito bem-vinda está a caminho, provavelmente um menino ou então gêmeos.

Observações: eu já previ uma gravidez por causa dessa carta, mas somente uma vez. Na maioria das vezes, esta carta para mim indica as qualidades de Apolo: jovem, saudável, novo, robusto. O cérebro está funcionando, coisas que estavam confusas são esclarecidas, tudo se encaixa, e tudo parece seguir seu caminho. É um daqueles dias em que tudo dá certo. Aquele dinheiro que você espera aparecerá, e em maior quantidade; aquele projeto em que você está trabalhando terá sucesso e você receberá todo o crédito por ele. O sinal fica verde, os mentirosos confessam e pedem desculpas, o jardim floresce, o céu fica azul, o clima fica quente e agradável. Assim como na canção, “Lá vem o Sol, tchup tchuru...”, absolutamente tudo ficará bem.

Tradução anônima do site : http://www.aeclectic.net/tarot/learn/


Nenhum comentário: