quarta-feira, 28 de setembro de 2011

A Sacerdotisa, A Papisa

A Sacerdotisa - Rider-Waite Tarot

Símbolos: as cores azul, branco e preto, romãs, coroa da lua de Isis, véu, cruz solar, lua crescente. Lótus preto e branco, pilares (B representa Boaz, significando negação, J representa Jachin, significando começo). Pergaminho com a palavra Tora (podendo ser o Torah Judeu ou um anagrama da palavra Tarot, com a ultima letra escondida).

História: seguindo sua jornada, o Louco encontra uma bela e misteriosa dama coberta com um véu, sentada em um trono entre dois pilares. Ela é o oposto do Mago: quieta enquanto ele é eloqüente, imóvel enquanto ele está em movimento, sentada enquanto ele está em pé, envolvida pela noite enquanto ele se expõe ao brilho do dia. Ela é a Papisa e surpreende o Louco, sabendo tudo sobre ele. Mais, ela sabe quais ferramentas ele carrega em sua trouxa. Ela informa o Louco que sabe como utilizar as ferramentas que ele carrega. Ela pode ensiná-lo, se ele assim desejar. Respeitosamente ele pede a ela que transmita seu conhecimento, o que ela faz em forma de pergaminhos antigos e sussurros suaves. Agora com conhecimento suficiente para tomar decisões iniciais sobre o que quer, onde quer ir e o que irá fazer, o Louco empurra as cortinas e caminha por entre os dois pilares em direção ao seu futuro.

Significado: a Papisa é a carta do conhecimento, do instinto, do sobrenatural, do conhecimento secreto.Ela possui pergaminhos com informações sobre os arcanos, que ela deve ou não revelar a você. A coroa da lua em sua cabeça e a lua crescente a seus pés indicam sua vontade de iluminar o que você não consegue ver, revelar os segredos que você precisa saber para tomar a decisão sobre algum problema ou trabalho, investimento, amor, carreira, família, etc. E, finalmente, atrás dela está a cortina para o futuro. As romãs que decoram a cortina nos lembram de Perséfone, que foi levada à terra dos mortos, comeu seu fruto e tornou-se a única deusa com permissão para viajar e voltar daquela terra estranha.Isso indica que quando você chegar à Papisa você irá aprender algumas coisas muito estranhas. Muito estranhas mesmo.

Observações: se alguma carta representa o tarólogo, essa carta é a Papisa. Uma mulher (ou homem!) de poderes psíquicos, intuição e conhecimentos secretos. Ela pode representar o consulente, que pode estar descobrindo (ou irá descobrir) poderes psíquicos, um grande segredo ou pode estar estudando textos religiosos.
Se ela representa outra pessoa, pode ser uma mulher religiosa, uma freira ou astróloga, uma professora de conhecimentos antigos, ou então uma parenta afastada que sabe muitos segredos de família. Com significado negativo, pode ser uma mulher com tendência a cometer atos passivos de agressividade, ou alguém com uma personalidade fria, imprevisível, volátil, até mesmo assustadora. (Estamos todos pensando isso, então eu vou dizer: uma mulher na TPM).
O que eu acho mais importante lembrar sobre a Papisa é que ela é aquela que pode guia-lo através da parte mais negra da sua vida, ou de você mesmo, até o outro lado.Ela senta entre os pilares da luz e da escuridão, da existência e da negação, crescente e minguante, pois ela, sozinha, sabe o caminho. Ela visitou a terra dos mortos e retornou; ela é todo o conhecimento secreto.

Bibliografia : Imagem : http://www.albideuter.de/html/waite.html 

 Tradução do site http://www.aeclectic.net/taro/

2 comentários:

sunnynnus disse...

Cada arcano do Tarot diz algo diferente pra cada um, mas a Papisa ja nos fala diretamente.
Muito inteligente sua analise,Parabens.

Vera Chrystina disse...

Sunnynnus, muito obrigada pela postagem. O texto da Sacerdotisa foi traduzido do site Aecletic Tarot.

Obrigada pelo carinho!