sexta-feira, 11 de maio de 2007

A previsão é uma necessidade natural


Prever é antecipar, prever os resultados de um ato e anunciar suas consequências.Nenhuma civilização sobrevive sem previsão.


Se prediz o tempo, o movimento dos astros,os fluxos das marés, o desenvolvimento das doenças, o êxito dos negócios, a consequência do que fazemos, as tendências da moda, os acidentes na época dos feriados, a taxa da inflação. Enfim, nenhuma sociedade sobrevive sem previsão.Saber a hora de plantar, saber a hora de colher...


Prever o que vai acontecer adiante nos ajuda a escolher qual o melhor caminho, qual a melhor solução.


Antecipar o futuro é algo inerente a vida e não tem nada de sobrenatural.Quem diz que não existe previsão equivoca-se por desconhecimento do meio-ambiente ( Cosmos).


Em tudo a previsão está implícita, seja na engenharia, na política,no comércio, na guerra, na escolha de uma profissão, na escolha de um parceiro conjugal, na compra do tão sonhado apartamento.


É só observar a natureza , desde os seus edífícios mais simples até os mais complexos que vislumbramos em todo ser vivo a habilidade de antecipar. O último Tsuami na Indonésia prova a idéia de que os animais tem um sexto sentido.Nenhum animal selvagem foi encontrado morto nas regiões costeiras destruídas pela grande onda.


A ciência hoje prova que os animais sabem planejar o futuro e guardam comida para os maus dias. Como eles sabem isso?


A aranha não possui um cérebro complexo e tem a habilidade de reforçar os fios da teia antes dos fortes ventos. Ela entende de engenharia, física, meteorologia... Isso prova que existe em todo ser vivo a capacidade de interpretar o meio - ambiente para sobreviver.Sem antecipação morre-se!


Existe muita polêmica em relação aos tarólogos e suas previsões. Somos chamados de médiuns, charlatões, magos, porque ainda prevalece hoje em dia a ignorância das ciências e do cosmos.


O ser humano em sua maioria não tem o prazer de investigar, estudar as ciências naturais e prefere atribuir o que é natural ao mágico, ao sobrenatural, por mera, mera acomodação.


Se a habilidade de antecipar , prever , é natural nos animais, porque o tarólogo é tachado de charlatão?


O homem divide com os animais sua ancestralidade (cérebro, genes) e os instintos, importantíssimos para a manutenção da vida.


Vera Chrystina

Nenhum comentário: